A cartomante de Clarice

Curso de Especialização em Literatura Infantil e Juvenil
Faculdade de Letras
Universidade Federal do Rio de Janeiro
Escritora de livros para crianças

A narrativa de um cotidiano sem acontecimentos que descortina, quase sem piedade, uma existência trágica de fim compatível

CRÉDITO: FOTO DIVULGAÇÃO

Macabéa é personagem de A Hora da Estrela, novela que Clarice Lispector (1920-1977) publicou em 1977, e que traz como principal novidade a tentativa de fuga da autora de uma escrita intimista que a perseguiu desde sempre. Clarice é reconhecida por construções de diálogos interiores, por filosofar sobre o mundo dos homens e dos bichos; uma escrita que muitas vezes não quer e não pode chegar a lugar algum, dado que seu projeto estético era também essa indefinição de fim; no entanto, Macabéa tem seu final garantido pelo narrador, que, neste caso, é um homem, porque talvez uma mulher que narrasse a vida dessa pobre datilógrafa nordestina, teria hesitado em lhe dar o fim que lhe coube.

Uma moça pobre, feia, sem qualquer atrativo, nem “pobreza enfeitada” possuía. Era burra, não sabia bater na máquina as palavras dos documentos que seu chefe colocava em cima da mesa. Além disso, sempre sujava os papéis. Macabéa não era nada, não possuía nada, a não ser as marcas da pobreza, um corpo magro, amarelado e com dor de dente: “Macabéa tinha um corpo cariado”.

O improvável na história, no entanto, acontece. Macabéa conheceu Olímpico de Jesus Moreira Chaves, que, na verdade, era só Olímpico de Jesus, sobrenome dado aos que não tem pais reconhecidos – Moreira Chaves ele acrescentava para lhe dar importância, coisa que Macabéa desconhecia, pois nunca se achou importante, nunca se achou nada. Um dia se olharam e começaram a se encontrar, mas ela nunca tinha o que dizer, e o namoro era ralo, insípido, e Olímpico de Jesus deu o relacionamento por terminado.

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA ASSINANTES

Para acessar este ou outros conteúdos exclusivos por favor faça Login ou Assine a Ciência Hoje.

Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outros conteúdos desta edição

725_480 att-83943
725_480 att-83829
725_480 att-84036
725_480 att-83887
725_480 att-83805
725_480 att-83856
725_480 att-84001
725_480 att-84078
725_480 att-83776
725_480 att-83775
725_480 att-83821
725_480 att-84048
725_480 att-83963
725_480 att-83905
725_480 att-83992

Outros conteúdos nesta categoria

725_480 att-88136
725_480 att-87837
725_480 att-87273
725_480 att-86764
725_480 att-86138
725_480 att-85584
614_256 att-85227
725_480 att-84749
725_480 att-84347
725_480 att-83581
725_480 att-82914
725_480 att-82670
725_480 att-82211
725_480 att-81727
725_480 att-81342